5 antibióticos naturais poderosos que não exigem prescrição! 4.4/5 (5)

5 antibióticos naturais poderosos que não exigem prescrição

Os antibióticos hospitalares tornaram-se dos medicamentos mais prescritos actualmente. Como resultado, as pessoas arruinaram os seus sistemas digestivos e, ironicamente, reduziram a sua imunidade natural a todos os tipos de infecções no futuro. Livre-se de infecções sem a destruição digestiva, com estes cinco poderosos antibióticos naturais.

1. Alho

alho

O primeiro é o alho antibiótico natural! O alho tem sido usado medicinal-mente por culturas em todo o mundo há milhares de anos. Na verdade, foi usado em 1700 para afastar a peste.

O alho possui potentes propriedades antibióticas, antivirais, antifúngicas e antimicrobianas e é capaz de ajudar a proteger e facilitar a remoção de bactérias más. Também é muito rico em antioxidantes naturais que destroem os radicais livres, também suporta um forte sistema imunológico.

O ingrediente activo do alho, a alicina, é o componente chave para matar e afastar as bactérias nocivas. Esmague-o para activar esses compostos e comê-lo cru, em um chá quente ou em alimentos levemente cozidos.

2. Prata Coloidal

Prata Coloidal

A prata coloidal é conhecida como um antibiótico eficaz há séculos. No início dos anos 1900, Alfred Searle, fundador da empresa farmacêutica Searle, descobriu que poderia matar os patógenos mais letais.

Searle afirmou que a aplicação de prata coloidal para seres humanos foi feita em um grande número de casos com resultados surpreendentes. A principal vantagem foi que foi rapidamente fatal para micróbios sem acção tóxica em seu hospedeiro.

Pesquisas recentes também afirmaram que a prata coloidal pode destruir micróbios resistentes a antibióticos como o MRSA, a gripe aviaria e SARS.

3. Óleo De Orégano

Óleo De Orégano

O óleo de orégano cuida de bactérias patogênicas sem afectar as bactérias benéficas. Também é antiviral e antifúngico, o que o torna um antibiótico poderoso e natural, com uma combinação três-em-um que rivaliza com produtos farmacêuticos, sem encorajar a resistência a antibióticos.

O principal ingrediente antimicrobiano do óleo de orégano é o carvacrol. Você deve garantir que a sua fonte tenha pelo menos 70% de conteúdo de carvacrol para ser eficaz.

4. Echinacea

Echinacea

Echinacea tem sido usada para tratar uma ampla variedade de infecções por centenas de anos. Tradicionalmente, era usada para tratar feridas abertas, difteria, envenenamento do sangue e outras doenças relacionadas a bactérias.

Hoje, esta erva potente é usada principalmente para gripes e resfriados, devido à sua capacidade de destruir as formas mais perigosas de bactérias, como o Staphylococcus aureus, que causa MRSA letal.

5. Mel de Manuka

Mel de Manuka

Talvez o antibiótico mais paladável venha na forma de mel manuka. Aplicado topicamente, pode matar uma ampla gama de patógenos, incluindo MRSA e bactérias carnívoras. Verificou-se também que as bactérias tratadas não acumularam qualquer resistência, o que acabaria por tornar o mel de manuka ineficaz.

Esta certamente não é uma lista exaustiva de antibióticos naturais, mas um óptimo começo para uma farmácia totalmente natural. Além disso, considere reishi, pau d'arco, Unha de Gato, extrato de folhas de oliveira, cravo, açafrão e até mesmo limões para completar o seu arsenal antibiótico.

751 total views, 1 views today

Avalie o nosso artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *